TRE-PI adota medidas de acessibilidade para o público interno e externo

Outras medidas serão adotadas nos próximos dias. No dia 1º de julho foi realizada reunião da Comissão Permanente de Acessibilidade e Inclusão onde foram discutidas as medidas que devem ser adotadas na sede do TRE-PI, Fórum Eleitoral de Teresina e nas 82 Zonas Eleitorais do Estado em benefício do público interno e externo.

TRE-PI adota medidas de acessibilidade para o público interno e externo

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí vem realizando medidas de melhorias da estrutura física visando a colocar em prática normas de acessibilidade. A primeira foi a adaptação do protocolo da instituição, com a mudança de local com maior acessibilidade e por último a adaptação dos coletores digitais do registro biométrico de ponto para atender aos servidores com deficiência e nanismo.

O servidor Cleofo Ferreira da Silva, afirma que se sentir beneficiado com a medida de adaptação do coletor digital. “Eu gostei. Facilitou a minha vida, me senti mais beneficiado, foi aprovado”, declara.

Outras medidas serão adotadas nos próximos dias. No dia 1º de julho foi realizada reunião da Comissão Permanente de Acessibilidade e Inclusão onde foram discutidas as medidas que devem ser adotadas na sede do TRE-PI, Fórum Eleitoral de Teresina e nas 82 Zonas Eleitorais do Estado em benefício do público interno e externo.

Após a reunião, estão sendo mapeadas as dificuldades dos prédios para orientar as aquisições e adaptações. Nos imóveis locados no interior do Estado já existe uma orientação do TRE-PI para que os proprietários façam as adaptações necessárias à adaptação de acessibilidade (piso tátil, adaptação de banheiro e etc).

A Corregedoria do TRE-PI, através do Grupo de Trabalho de Mesários, também tem adotado medidas de acessibilidade para os locais de votação que beneficiam tantos os mesários como os eleitores: 

Adaptando locais de votação; realizando inspeções – se os cartórios estão vistoriando a acessibilidade dos locais de votação; se os cartórios estão distribuindo os Formulários para identificação do eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida e se as zonas eleitorais têm realizado parcerias com instituições representativas da sociedade civil, objetivando o incentivo ao cadastramento de mesários deficiente civil. Nas Eleições de 2018, o Piauí possuía 23 mesários com deficiência cadastradas para trabalhar no pleito.

Fonte: Serviço de Imprensa e Comunicação Social do TRE-PI

Siga nossas redes sociais @trepiaui