Rede de Governança Colaborativa do Poder Judiciário no Piauí realizou reunião nesta quarta-feira (14)

Na manhã desta quarta-feira (14), representantes do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí – TRE/PI, Tribunal Regional do Trabalho 22ª Região – TRT 22ª e Tribunal de Justiça do Piauí /TJPI participaram de reunião da Rede de Governança Colaborativa do Poder Judiciário no Piauí.

Na manhã desta quarta-feira (14), representantes do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí – TRE/PI, Tribunal Regional do Trabalho 22ª Região – TRT 22ª e Tribunal de Justiça do Piauí /TJPI participaram de reunião da Rede de Governança Colaborativa do Poder Judiciário no Piauí.

O objetivo da reunião foi tratar da Portaria número 88/2019-CNJ que institui e regulamenta o Prêmio CNJ de Qualidade, ano 2019.

Estivem presentes na reunião os servidores do TRE-PI, Sérgio Luiz de Melo Campus, Ricardo Coelho Pereira, Antônio Alves Rodrigues Júnior e Miran Vieira de Sousa Silva; o servidor do TRT-PI, Marcelo Nunes Nolleto; e os servidores do TJ-PI, Andreia Irene de Oliveira e Ademir Dourado Sampaio.

Através da Rede de Governança, os tribunais participantes poderão desenvolver uma gestão estratégica conectada com a realidade de cada segmento da Justiça. Além disso, poderão acompanhar e participar da definição de diretrizes de gestão e operação jurídica. Além disso, o novo organismo permitirá o desenvolvimento de ações em comum nas áreas de capacitação de pessoal, controle interno e mapeamento de processos jurídicos, dentre outros.


Fonte: Serviço de Imprensa e Comunicação Social, com informação da Assessoria de Planejamento

Últimas notícias postadas

Recentes

TRE-Pi mantém sentença do juiz da 15ª Zona que julgou como não prestadas as contas do PHS.

Em sessão realizada na manhã desta segunda-feira(14), o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), a unanimidade e em harmonia com o parecer do Procurador Regional Eleitoral, Leonardo Carvalho Cavalcante de Oliveira manteve a sentença do juiz da 15ª Zona Eleitoral de Bom Jesus-PI, Élvio Ibson Barreto de Souza Coutinho que julgou como não prestadas as contas do Partido Humanista da Solidariedade (PHS), Diretório Municipal de Redenção do Gurguéia-PI referente ao exercício financeiro de 2016 (Recurso Eleitoral nº 0600460-64.2019.6.18.0000).