Dia Internacional da Democracia exaltado por personalidades brasileiras

Cidadãos e cidadãs de todo o país recitam poesia de Nicolas Behr, feita para a Justiça Eleitoral especialmente para a data

Cidadãos e cidadãs de todo o país recitam poesia de Nicolas Behr, feita para a Justiça Eleitoral...

Para comemorar o Dia Internacional da Democracia, celebrado nesta quarta-feira (15), a Justiça Eleitoral convidou brasileiras e brasileiros de todo o país para recitar um poema feito pelo poeta brasileiro Nicolas Behr para a Justiça Eleitoral, especialmente para a data.

"A palavra escolheu outra palavra para representá-la, democracia.

Poderia ter escolhido: povo; liberdade; cidadania".

O vídeo “Vozes pela Democracia” será veiculado no canal do TSE no YouTube e em todas as redes sociais do tribunal.

O Dia Internacional da Democracia foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) para realçar a necessidade de promover a democratização, o desenvolvimento e o respeito pelos direitos humanos e as liberdades fundamentais.

Participaram da produção visual, entre outros convidados: o ator e comediante Dedé Santana; o músico vocalista da banda Capital Inicial, Dinho Ouro Preto; a comentarista da CNN, Gabriela Prioli; o comediante Gustavo Mendes; o ator Sérgio Malheiros; a atriz Sophia Abrahão; a médica Thelma Assis (Thelminha); o humorista Vitor DiCastro; e o radialista Vladimir Alves. O resultado é um filme que é a cara do Brasil.

Vale ressaltar que os participantes não cobraram cachê para gravar o vídeo, produzido pela Coordenadoria de Audiovisual (COAV), da Secretaria de Comunicação do Tribunal Superior Eleitoral - TSE.

A produção contou também com a participação especial de Júnior Viegas, Márcio Marinho e Nelsinho Serra, músicos de Brasília que, respeitando os cuidados sanitários da Covid-19, vieram ao TSE para interpretar o choro mais famoso do país: “Brasileirinho”, composição de 1947 do mestre do cavaquinho Waldir Azevedo. “Fiquei muito feliz com o convite do TSE para participar, foi realmente uma honra", disse Nelsinho.

A Justiça Eleitoral, conhecida como a Justiça da Democracia, registra o agradecimento a todos que participaram dessa experiência de cidadania na defesa do regime político em que a soberania é exercida pelo povo por meio do voto para escolher representantes políticos.

 

Fonte: TSE com adaptações do Serviço de Imprensa e Comunicação Social - IMCOS/TRE-PI

Últimas notícias postadas

Recentes