Juiz Antônio Soares se despede do TRE-PI

- - -

Foto do juiz Antônio Soares membro do TRE-PI
Juiz Antônio Soares

O Dr. Antônio Soares dos Santos participou, na tarde desta terça-feira(28), da sua última sessão como juiz Membro da Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), na categoria de Juiz de Direito, cujo mandato transcorreu no período de 31/07/2018 a 31/07/2020. A vaga deixada por ele será ocupada pelo juiz de direito Teófilo Rodrigues Ferreira para o biênio 2020/2022, cuja posse está marcada para o dia 03/08/20, as 14:00h em sessão solene por videoconferência.

No final da sessão judiciária on-line o presidente do TRE-PI, desembargador José James Gomes Pereira enalteceu as qualidades do Dr. Soares como pessoa e como julgador de notável saber jurídico afirmando que durante esses dois anos o magistrado prestou relevantes serviços à Corte Eleitoral Piauense, bem como, excelente atuação frente a Ouvidoria no exercício da função de Ouvidor da Justiça Eleitoral do Estado do Piauí durante o biênio.

O Dr. Soares é também o atual presidente da Rede de Ouvidorias do Estado do Piauí (Rede Ouvir/PI).

Em seguida o presidente do TRE-PI quebrou o protocolo e passou a palavra ao Secretário das sessões, Walter Shel Alves da Costa Raposo que agradeceu a oportunidade de falar num momento tão especial. Em sua fala o Secretário revelou que o Dr. Soares é uma pessoa que ele traz dentro do coração, uma amizade que vai se alongar além desse momento e parabenizou o magistrado pelo excelente biênio e pela excelente maneira de conduzir os processos com muito conhecimento jurídico.

Na sequência, os demais membros da corte e o Procurador Regional Eleitoral, Leonardo Carvalho Cavalcante de Oliveira, fizeram uso da palavra para saudar e parabenizar o Dr. Soares pela pessoa culta, agregadora, extremamente elegante e firme nas suas decisões. Homem ético, de cultura familiar e de aguçado senso de justiça.

Por fim, o Dr. Soares agradeceu a todos pelas palavras de carinho e em seu discurso de despedida falou sobre sua trajetória de vida e como magistrado, das dificuldades encontradas pra chegar onde chegou.

Ele pontuou que esses dois anos como membro da corte do TRE-PI foram de tanta felicidade que parece que não foram dois anos e sim dois meses e a cada semana ele ficava na expectativa do reencontro com os amigos membros da corte. Como sempre brincalhão, ele falou: “Se saudade eu não deixar, me desculpe Sr. presidente, é porque talvez eu tenha sido egoísta e as tenha levado todas comigo".

Neste sentido, ele afirmou que, o convívio com todos indistintamente, desembargadores, juízes, servidores todas as classes sempre lhe trataram com muito afeto e consideração. “Eu concluo o meu biênio com a consciência certa e tranquila do dever cumprido”. pontuou.

Ele disse em seu discurso que tem sempre em mente a expressão do Profeta Isaias, “aqueles que praticam a justiça usufruirão da paz, encontrarão pleno descanso no leito, ou seja, dormem bem, repousam bem porque a consciência está leve e tranquila.

E para o fecho do seu discurso de despedida ele usou as palavras de um poema do poeta pernambucano, Manuel Bandeira que ele confessa achar muito interessante. “Eu quero fazer desse poema o nosso refrão de despedida”, disse. O poema diz o seguinte: “Horas há que marcam fundo, feitas em cada um de nós como eternidade de segundo cuja saudade embarga, impede e extingue a voz e a vida, vai tecendo laços difíceis de se romper, tudo que amamos são pedaços vivos do nosso próprio ser”. Finalizou o Dr. Soares.

 

F.X.F/D.B

 

Fonte: Serv. de Imp. e Com. Social TRE-PI

Visite nossas redes sociais @trepiaui