TRE-PI realiza o 4º Simulado Nacional de Hardware para as eleições 2018.

O simulado é uma determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

Foto referente modelo urna eletrônica
Urna eletrônica

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) dará início, nesta quarta-feira (14), ao 4º Simulado Nacional de Hardware para as Eleições de 2018. Serão realizados, até o próximo dia 20, testes dos componentes eletrônicos de 406 urnas nos modelos 2008, 2009, 2010, 2011, 2013 e 2015.

O simulado atende à determinação do colendo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e contará com as ilustres participações do Presidente do TRE-PI, Desembargador Francisco Antônio Paes Landim Filho, do Secretário de Tecnologia da Informação, Doutor Anderson Cavalcanti de Lima, e de mais 31 servidores da Justiça Eleitoral.

As atividades de testes ocorrerão na sala de treinamento, na sede do TRE/PI, sob a coordenação da Coordenadoria de Eleições Informatizadas e da Seção de Voto Informatizado, unidades que compõem a Secretaria de Tecnologia da Informação deste egrégio Regional.

A ideia do simulado surgiu nas eleições anteriores ao pleito de 2014, quando houve registros de problemas de hardware que ocorreram em decorrência de inúmeras causas, como alta umidade do ar, amplitude térmica de armazenamento, incompatibilidade de velocidade entre dispositivos, dentre outros. Essas falhas não são facilmente detectadas em testes de pequena escala.

O objetivo desses testes é identificar falhas persistentes, principalmente aquelas que se manifestam de forma intermitente ou em situações específicas, e registrá-las para permitir a análise posterior de suas causas e identificação de possíveis soluções a tempo de pleito ordinário em todo o país.

 

Fonte: Secretaria de Tecnologia da Informação do TRE-PI.